HCI

DISSECÇÃO DE CORONÁRIA

História clínica: Paciente encaminhado ao setor de hemodinâmica 48h após internação por IAM com supra ST face inferior com critérios de reperfusão após infusão de Streptoquinase EV.

Procedimento:  Acesso arterial por punção de radial com coronariografia e ventriculografia utilizando cateter TIG 5F (Terumo) evidenciou Coronária Esquerda sem lesões obstrutivas e placa ulcerada de superfície irregular e com dissecção não oclusiva com fluxo TIMI 3 em 1/3 proximal da Coronária Direita associada à hipocinesia moderada ínfero látero apical.

Evolução: Como a placa não tinha aspecto angiográfico de significativa limitação de fluxo e o paciente permanecia assintomático optou-se por tratamento clínico conservador recebendo alta em boas condições clínicas.

Publicado em: 22/03/2012 - 10:06:45

 Coronária Direita em OAE: com dissecção fluxo não limitante

Voltar

Cadastre-se e receba nossos informativos gratuitamente.